fbpx
Vídeo de produto - 4 dicas que te ajudam a vender mais

O vídeo de produto é uma ferramenta importante para vendas. Afinal, as compras na internet estão em alta e o crescimento nos números do e-commerce brasileiro provam isso. Os números seguem batendo recordes, apresentando constante crescimento em quantidade de pedidos e faturamento. 

Com isso, e-commerces e empreendedores se encontram em um cenário de grande competição. Em suma, precisam adotar ações e estratégias para se destacar no mercado.

O vídeo de produto como ação de marketing para melhor apresentar seu produto pode atrair novos usuários para sua marca e mais leads para vendas.

O que é um vídeo de produto?

O vídeo de produto tem como finalidade principal mostrar maior riqueza de detalhes nos produtos. 

No formato de vídeo é possível mostrar as funcionalidades, opções de uso e também como o produto efetivamente funciona. Assim, ao visualizar e conhecer melhor o produto, o usuário rapidamente pode se inspirar. Como resultado, você poderá encurtar o caminho para a conversão em vendas.

Dessa forma, os vídeos também se tornam materiais ricos que garantem uma experiência completa para atrair novos clientes. E mais: é possível instruir aqueles que já são fãs da marca. 

Além disso, os vídeos de produtos são muito versáteis, pois podem ser feitos de diversas maneiras, tipos e formatos. Ou seja, você terá mais flexibilidade em sua demonstração.

Por que fazer vídeos de produtos?

Segundo pesquisa realizada pela Video Brewery 90% dos consumidores disseram que ver um vídeo foi essencial para decidirem comprar algum produto. Ainda segundo a Hubspot, 87% das empresas já utilizam esse formato de conteúdo com 83% de aprovação do marketing pelo aumento no ROI. 

Portanto, os dados comprovam a importância da produção de vídeos, mas outras características apontam sua grande tendência: 

  • A facilidade de consumo é uma vantagem do vídeo de produto. Assim, quando unimos informação visual, textual e auditiva em um único conteúdo, os consumidores conseguem assimilar mais informação.
  • Outro ponto importante é o potencial de viralizar na internet. O formato, tema e edição correta pode engajar o potencial lead e escalar o conhecimento da empresa nas mídias.  

4 dicas que te ajudam a vender mais

Foque na persona

Tanto em ações de marketing quanto para a produção de vídeos de produto, é essencial que o público-alvo esteja muito bem desenhado. Assim, a persona precisa estar bem definida e bem posicionada com relação ao funil de vendas. 

Para selecionar a persona, pense nas seguintes questões:

  • Qual é o tipo de conteúdo que ela gosta mais?
  • Quais são as dores que ela deseja resolver?
  • Que temáticas são relevantes para ela?

Existem também ferramentas gratuitas para auxiliar nessa seleção, como o Ubersuggest, SEMRush e Moz.

Qualidade no conteúdo do vídeo

O ponto principal é o conteúdo. Dessa forma, aposte sim nos recursos técnicos, mas principalmente em roteiros criativos para produzir conteúdos atrativos e chamativos. 

Pense em como combinar a apresentação visual com um storytelling que traga um apelo e que ative os gatilhos emocionais dos usuários. A narrativa, música e enquadramento dão um tom para uma produção chamativa.

Não se esqueça de ter clareza nas informações, apresentando o produto de forma que o espectador tenha suas dúvidas sanadas de maneira clara e simples. Isso será um grande fator para se diferenciar dos concorrentes.

Além disso, é essencial ser honesto sobre as capacidades do produto. É dessa forma que ajudará a garantir a satisfação dos clientes, pois não gerará falsas expectativas.

Tempo do vídeo de produto

Geralmente, vídeos de produtos não são muito extensos. Em média, um vídeo de produto tem uma duração de 3 a 5 minutos.

Nesse caso, com tempo curto, vale se esforçar para aproveitar cada minuto possível. Pense em fazer um bom começo para atrair e prender a atenção do usuário. 

Como o público está exposto a diversos tipos de estímulos no meio digital, busque bons equipamentos para gravar vídeos e softwares de qualidade para fazer uma boa edição. Assim, mesmo de forma rápida, o vídeo continuará atrativo. Não se esqueça também de captar o som com qualidade.

Aqui também vai outra dica: Evite toda a “perfumaria” do discurso de venda. Foque apenas naquilo que o cliente/lead deseja e precisa.

Divulgue seu vídeo de produto nas redes sociais

As redes sociais apresentam grande potencial de engajamento e contato direto com o público. Além disso, sabemos que os vídeos possuem alcance melhor nas postagens. Aposte em diferentes formatos, cada um com as particularidades de cada mídia. 

Faça a publicação do mesmo vídeo com estilos diferentes em cada plataforma. Do mesmo modo, convide os seguidores a interagirem com o material.

Peça que os fãs compartilhem, marquem os amigos que poderiam gostar daquele produto ou serviço. Ao mesmo tempo, instigue para que também escrevam nos comentários suas opiniões em relação ao conteúdo. Da mesma forma, promova uma interação ainda maior, investindo em recursos para curtir e responder os comentários dos usuários. Isso os fará se sentirem queridos e amparados pela marca. 

Além disso, aborde os clientes mais fiéis e os convide a falar sobre sua experiência com a empresa e os produtos. 

Conclusão

Em síntese, o vídeo de produto é uma excelente forma de ir além daquela descrição em texto ou apresentação comercial enfadonha enviada aos seus clientes.

Acima de tudo, sua versatilidade é um excelente ponto para ser explorado, pois cada formato pode melhor se encaixar ao público-alvo da empresa, bem como em cada etapa do funil de vendas. Assim, isso auxilia não só nas conversões, mas também no conhecimento e fortalecimento da marca.

A apresentação qualificada do produto é também uma forma de levar a proposta de valor da empresa aos seus clientes. E aqui o mais importante é conquistar o coração dos usuários. Portanto, mãos à obra na produção de vídeo de produto.

Gostou desse post? Que tal se cadastrar para receber as nossas atualizações de conteúdo?

Vídeo de produto: 4 dicas que te ajudam a vender mais
WhatsApp chat