O que é taxa de conversão e qual sua importância? Vero Contents

O que é taxa de conversão e qual sua importância?

Uma das métricas mais importantes no marketing digital, principalmente quando trabalhamos no inbound marketing, é a taxa de conversão.

Para alguns, outras métricas como alcance, visitantes e taxa de cliques são tão importantes quanto as conversões. Isso dependerá, evidentemente, do objetivo de cada um.

Nesse artigo, vamos mergulhar um pouco sobre o assunto. Confira o que vem pela frente:

  • O que é taxa de conversão?
  • Como ela é calculada?
  • Qual sua importância?
  • Como otimizar as taxas de conversão?

O que é taxa de conversão?

Para entender o que é taxa de conversão, é necessário primeiro saber o que é uma conversão. Uma conversão é uma medida pre-estabelecida relacionada a uma determinada ação de um usuário. Ela pode ser a conclusão de uma compra em um e-commerce, um preenchimento de um formulário no seu site ou em uma landing page, uma inscrição em uma newsletter, um download de um e-book, ou uma inscrição em um webinar, por exemplo.

Dentro disso, temos então o conceito de taxa de conversão. Ela é medida pela quantidade de conversões geradas em relação ao número de visitas (quando falamos em site). No Google Adwords, por exemplo, a taxa de conversão pode ser a quantidade de cliques em um determinado anúncio, a quantidade de acessos a seu blog ou a um vídeo determinado ou até a quantidade de ligações obtidas em relação ao anúncio.

Ou seja, a taxa de conversão está ligada à ação que você determinou e relacionada ao universo que gira em torno dela.

Como é calculada a taxa de conversão?

Em um site, por exemplo, que recebe 10.000 visitantes e tem 1.000 cadastros realizados (ou conversões), a taxa de conversão é de 10% (essa foi moleza). Em um anúncio do Google Adwords que teve 1.000 visualizações a taxa de cliques pode ter sido de 12% (120 cliques) e a taxa de conversão (em relação aos cliques) pode ter sido de 5% (6 compras).

Outro exemplo pode ser de vendas realizadas. Em um site com 8.000 visitantes, foram realizadas 160 vendas. Aplicando-se uma regra de três, temos que a taxa de conversão das vendas foi de 2%:

Nº de vendas / Nº de visitas *100

Quando falamos em lojas virtuais, no Brasil, a taxa de conversão gira em torno de 1,65%.

Qual a importância da taxa de conversão?

A taxa de conversão é uma métrica que ajuda a medir resultados. No inbound marketing, por exemplo, as taxas de conversão podem ser medidas dentro do funil de vendas. Definindo cada etapa do seu funil, você poderá mensurar o quanto seu funil está convertendo na passagem de uma etapa para outra e planejar ações para otimizar as taxas de conversão.

Além disso, as taxas de conversão permitem avaliar com maior precisão o retorno do investimento de suas ações de marketing digital.

Analisando suas taxas de conversão, você poderá direcionar marketing e vendas de forma que ambos os times poderão melhorar seus resultados e trazer bons negócios para sua empresa.

Como otimizar as taxas de conversão?

Avaliar e evoluir é um dos nossos principais mantras. Portanto, as taxas de conversão estão 100% inseridas nesse conceito. Algumas dicas podem ajudar a melhorar seus resultados:

Tenha uma persona bem definida

Quanto melhor for desenhada sua persona, mais segmentada será sua campanha. E maior a probabilidade de você converter. Portanto, não se canse de rever a sua persona e entender quais são suas dores e necessidades. Assim você poderá oferecer conteúdos de qualidade e objetividade com maiores chances de converter.

Entregue sempre qualidade

Você tem a persona definida, então entregue qualidade para ele. Quanto melhor for sua solução, melhor será a resposta da sua persona.

Pense na experiência de quem está interagindo

Seja em um website, landing page, anúncio, botão, formulário ou qualquer outro elemento de interação, pense sempre em quem está do outro lado. Quanto melhor for a aceitação, melhor será a conversão.

Um bom design faz a diferença

Além da experiência em si, um bom design é essencial também para os resultados. O ponto de conversão, por exemplo, como um botão, deve estar visível e ser “convidável” para o clique. É importante mencionar que não há regras em relação às cores. Um botão deve estar em destaque para ser visto e clicado, mas não necessariamente deve ser de uma cor gritante.

O uso do vermelho não é incorreto, como muitos dizem, por ser considerada a cor do “stop”. Mas se contrastar demais e causar desconforto, não o use. Também não abuse de elementos piscantes e cheios de efeitos especiais.

Use calls to action

Isso é muito importante. Primeiramente, a pessoa deve saber claramente qual a ação que ela deve tomar. Evite ter mais de uma chamada para a ação (call to action), pois isso fará com que a pessoa fique dividida sobre o que fazer. Seja bastante claro no que você deseja em relação ao usuário.

Use também frases sugestivas em sua call to action. “Clique aqui para se cadastrar” é mais pobre do que “Junte-se às melhores mentes do marketing digital”, por exemplo.

Realize testes A/B

Outro ponto essencial no marketing digital. Faça testes em tudo o que for preciso. Desde a cor do botão quanto o lugar que o formulário está localizado, todos os elementos e textos podem ser melhorados sempre. Mas lembre-se: mude um de cada vez, senão você perderá a capacidade de julgar o que está funcionando.

Isso vale também para as estratégias. Se de um lado não está bom, tente de outro. Mude os canais de aquisição, a mensagem, seja o que for. Mas não fique parado. Afinal de contas, o mundo digital permite mudanças em tempo real, então use isso a seu favor.

Gostou do conteúdo? Que tal puxar nosso e-Book sobre Web-Analytics? É só clicar no banner.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *