O que e long tail - Vero Contents

O que é long tail

Você já deve ter ouvido falar no termo cauda longa ou long tail, assim como short tail e head tail. São termos aparentemente técnicos e cheio de detalhes, a princípio. Mas realmente é só uma impressão.

Nesse post, vamos falar sobre o conceito de long tail e head tail e como utilizar esses conceitos no marketing digital.

De onde veio o termo long tail

O autor Chris Anderson foi o responsável por popularizar o termo long tail. Em um artigo escrito para a revista Wired em 2004, o termo apareceu pela primeira vez. Posteriormente, virou o best seller “A Cauda Longa”.

Chris afirma que a web alavanca os mercados de nicho, estratégia inclusive adotada por gigantes da internet como Amazon, Apple e Netflix. Segundo o que escreveu, qualquer empresa, por mais segmentada que seja, tem seu espaço garantido na venda de produtos via internet.

Mas o termo long tail, na verdade, é utilizado em Estatística, e mostra uma curva de dados ao longo de uma cauda, como mostra o gráfico abaixo:

Gráfico Cauda Longa ou Long Tail - Vero Contents

O gráfico mostra no eixo X a popularidade para produtos e serviços (eixo Y). Percebe-se que, no caso dos mercados de massa, essa popularidade é extremamente alta. No caso de mercados de nicho, essa popularidade é baixa mas, como mostra o gráfico, a curva é extremamente longa.

Esse conceito é usado não só nos negócios online, mas também em outros segmentos. São modelos econômicos, campanhas de marketing viral, mecanismos de redes sociais e microfinanças.

Palavras-chave long tails, short tails e head tails

O mesmo conceito se utiliza quando falamos em palavras-chave.

As palavras-chave head tails são aquelas mais genéricas, que tem resultados amplos e altos índices de busca. Por sua vez, palavras-chave long tail são aquelas mais específicas, que resultam em buscas menos amplas e geralmente são expressões mais longas. As short tails estão entre as duas, com maior procura e menores taxas de conversão.

Para entender exatamente o que estamos falando, vamos usar o exemplo da busca por marketing digital. “Marketing” é uma palavra head tail, pois ela é mais genérica, ampla. Não à toa a quantidade de resultados nos mecanismos de busca é enorme. Já a palavra “marketing digital” é uma palavra mais específica, embora ainda seja head tail, mas se encontra mais próxima da cauda longa no gráfico.

No caso de uma long tail, teríamos a expressão “agência de marketing digital”.

Outros exemplos podem ser usados, como “cadeiras” (head tail). E, no caso de long tail,  “cadeiras para escritório usadas”.

As palavras-chave long tail tem menos tráfego, com volumes de busca mais baixo. Mas quando falamos em geração de leads, elas resultam em taxas de conversão mais altas (assim como em vendas, também). Costumam ter menor concorrência e, sendo assim, oferecem mais oportunidades para que você esteja ranqueado nas primeiras posições das buscas.

Trabalhando palavras-chave long tail e head tail

Muita gente pensa então que deve trabalhar as head tails para ter altos índices de pesquisas. Na verdade, a estratégia deve ser pensada para trabalhar tanto as head quanto as palavras long tail.

E isso depende de outros fatores, como a jornada de compra do consumidor, o volume de buscas de cada palavra-chave e a concorrência. Trabalhar palavras-chave long tail lhe permitirá trazer tráfego bastante específico. E, dessa forma, também fará com que você conquiste autoridade em nichos específicos, se houver um trabalho bem feito no seu blog.

Para montar um funil de vendas bem estruturado você deverá ter as palavras-chave head tail bem trabalhadas para que possa ter volume no topo do seu funil. Isso lhe permitirá trabalhar com sua audiência, de forma que essa busca genérica se transforme em conversões de vendas. Isso acontecerá a partir da certeza de que seu produto ou serviço é a escolha mais adequada quando o lead estiver no final de sua jornada de compra.

Como descobrir quais buscas são feitas

A forma de descobrir as buscas de palavras-chave long tail e head tail virão pelo uso de ferramentas. Utilizando keyword planner, ferramenta do próprio Google, o keyword.io e o SemRush, você conseguirá saber quais são os termos mais buscados e onde eles se encaixam.

No post Como montar uma estratégia de palavras-chave, explicamos o passo a passo para montar sua estratégia. Já no post 19 ferramentas de marketing digital que você tem que conhecer damos algumas dicas de uso de ferramentas.

Gostou desse post? Cadastre-se para receber nossos conteúdos, no formulário dessa página.

Por Marcel Castilho

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *