O inbound marketing e a integração das ferramentas digitais

O inbound marketing é a integração das ferramentas digitais

Inbound marketing x resultados

O inbound marketing é a estratégia mais completa do marketing digital. Os resultados obtidos pela integração de todas as ferramentas podem ser sentidos na prática. É muito comum ainda ouvir algumas considerações a respeito das ferramentas digitais que não são reais, tais como:

  • Email marketing não funciona; os resultados são pífios;
  • Blog não é coisa para empresas; blog é somente para B2C;
  • Meu site está ótimo, não precisa ser responsivo;
  • SEO não funciona;
  • Adwords é só para quem tem dinheiro;
  • Não sei o que fazer com as pessoas que curtem minha página no Facebook ou ninguém curte meus posts;
  • Não uso o Linkedin, quase nem acesso.

Pois bem, primeiramente gostaria de dizer que essas ferramentas funcionam, e muito bem. Existem boas práticas para todas elas mas, principalmente, existe a maneira correta de utilizá-las. Todas tem seus prós e contras, mas podemos dizer, sem medo de errar, que elas funcionam ainda melhor no inbound marketing.

A seguir um apanhado geral de cada ferramenta com algumas dicas:

Email marketing

O e-mail marketing ainda é a melhor ferramenta de relacionamento com o cliente ou prospect. Se você acha que comprar um mailing por aí e disparar diversas vezes para essa “lista”, certamente vai dar errado.

Primeiramente, porque comprar listagens pode ser uma dor de cabeça. Afinal, você não tem autorização dessas pessoas para o envio dos emails, e você pode cair em uma blacklist por conta disso.

A melhor forma é montar uma lista própria, seja via cadastro no site ou em mídias sociais, por exemplo. O importante é adquirir esses dados de forma legítima. Afinal, quem se interessar pelo seu produto/serviço vai ter interesse em receber suas informações.

No contexto do inbound marketing, o e-mail marketing tem seu espaço de destaque. É ele que, após a conversão dos visitantes em leads, será responsável por fazer o fluxo de nutrição, até fazer com que esse lead se torne um cliente.

Para se ter uma ideia, quando o inbound marketing é usado de forma correta, as taxas de abertura são superiores a 20%.

Blogs corporativos

Os blogs corporativos são uma ótima ferramenta para construir autoridade, seja em B2B, seja no B2C. O compartilhamento de conteúdo relevante traz audiência para o blog e, consequentemente, para o seu site. Um artigo escrito de forma correta, ajuda no SEO e também pode ajudar na geração de leads.

No inbound, a presença de um blog é obrigatória. Ele será o responsável em construir o relacionamento com a sua persona e de manter sua audiência retornando.

Sites responsivos

Ainda vejo muita resistência de alguns clientes na hora de refazer o site. Se o site não for responsivo, ele não será atrativo para as buscas orgânicas. Desde abril de 2015, o Google mudou as regras e, privilegiando as tendências cada vez maiores de adaptação ao mundo mobile, passou a considerar a responsividade como crucial nas buscas. Portanto, pensemos nisso na hora de analisar seu site.

SEO e Google Adwords

Já vi muito cliente me procurando porque a campanha de Adwords está ficando cara. Já ouviu falar de otimização? Já ouviu falar em índice de qualidade? Ele tem total relação com alguns pontos-chave da campanha, como a redação do anúncio e a relevância que ele tem com o seu site.

E sim, com os textos que estão em seu site, ou seja, com a boa utilização do SEO On-Page. Sua campanha pode ter um custo por clique (CPC) bem menor do que tem atualmente. E você pode gastar muito menos com sua campanha de Adwords.

A estratégia de SEO somada ao Google Adwords nada mais é do que SEM (Search Marketing Engine). No inbound marketing, ambas andam juntas. Na verdade, em qualquer estratégia de marketing digital ambas devem andar juntas. Mas se não houver um bom planejamento de palavra-chave, que deve estar alinhado ao seu blog, você não irá muito longe.

Facebook

O Facebook é uma ótima ferramenta de relacionamento. E de geração de tráfego e leads. Se for utilizado corretamente, ele poderá gerar uma boa demanda de visitas para seu site e blog.

Vejo muitas páginas de Facebook sendo administradas de forma passiva, e não ativa. Assim, sempre que sua audiência se pronunciar, não deixe de responder. Responda, se relacione. Essa audiência poderá se tornar visitante assíduo do seu site/blog e poderá se converter em um lead importante.

Em temos de queda de alcance orgânico, pense em estratégias de impulsionamento e de Facebook Ads. Mas tenha uma estratégia integrada com as outras ferramentas que citamos aqui. Afinal, esse é o espírito do inbound marketing.

Linkedin

O Linkedin já supera os 500 milhões de usuários no mundo todo. No Brasil, esse número já chega a 25 milhões, mostrando o peso de uma rede social extremamente focada. Aqui, não preciso falar muito, já que 94% das empresas de recrutamento utilizam a ferramenta. Se sua empresa trabalha com B2B, o Linkedin deve estar inserido em sua estratégia.

Essas são algumas dicas a respeito das ferramentas citadas. Existem outras, cada uma com suas características.

Agora imaginem o potencial de todas elas quando utilizadas em conjunto, com a mesma finalidade, apontando para o mesmo local. Esse é o plano. Para criar um funil de vendas que gere visitas e leads, o inbound marketing utilizada todas as ferramentas citadas (e mais algumas) de forma ordenada e dentro de um planejamento integrado, que gira em torno de conteúdo.

Em todas as simulações e comparações da utilização dessas ferramentas em separado e em conjunto, os resultados sempre foram muito superiores quando as usamos juntas, usando o que cada uma tem de melhor e respeitando a característica inerente a cada uma delas.

Afinal, o que é o inbound marketing?

inbound marketing é, portanto, uma estratégia de marketing digital integrado, que utiliza como ponto de partida a geração de conteúdo. A grosso modo, o inbound marketing utiliza as ferramentas digitais para atrair, converter, relacionar e vender produtos e serviços. E tudo isso considerando a jornada de compra do cliente, de forma a fazê-lo descer dentro do funil de vendas.

Como diz a palavra inbound (de atração), o objetivo é trazer mais visitantes para seu site, por meio de um blog, enriquecendo-os com informações relevantes e materiais de qualidade. Esses visitantes se converterão em uma audiência cativa que, em cada ação coordenada por sua estratégia, descerá nesse funil, até tornar-se um cliente.

Os resultados obtidos com estratégias bem estruturadas de inbound marketing trazem um reflexo visível não só no faturamento das empresas, mas também na forma de enxergar os clientes. E um dos pontos fortes é justamente a integração entre marketing e vendas, que passam a ficar mais próximos.

Pense em implantar o inbound em sua empresa. A Vero Contents pode lhe auxiliar nessa tarefa, pois somos especializados no assunto.

Se quiser, entre em contato com um especialista e lhe ajudamos a alavancar seus negócios!

Por Marcel Castilho

4Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *