Funil de Vendas - Vero Contents

Funil de vendas: o que é e como ele ajuda o marketing?

Um usuário visita seu site e começa a ler sobre seus produtos e serviços. Nesse momento, ele está em alguma etapa do funil de vendas, certo? Se ele estiver no topo do funil, você sabe o que fazer para que ele vá adiante nesse percurso?

O conhecimento da jornada de compra do cliente é o que possibilita o planejamento de cada etapa da venda. Veja aqui as vantagens do uso de um funil de vendas e aprenda como montá-lo. Vamos lá!

O que é um funil de vendas?

Para início de conversa, é importante ter em mente que planejamento é a base de qualquer negócio, ainda mais no mundo digital.

Um funil de vendas é um modelo que mostra a jornada de compra de um cliente potencial desde o momento em que é feito um contato inicial com sua empresa até a finalização da compra.

O funil de vendas varia de acordo com o tipo de negócio e, por isso, é fundamental saber montá-lo e conhecer bem o que ocorre em cada etapa do ciclo.

Como funciona?

Um funil de vendas costuma ser dividido em 3 partes: topo, meio e fundo. Cada uma delas possui suas características e, assim, acaba demandando estratégias de marketing específicas. Veja abaixo:

Topo do funil

Neste primeiro estágio, os usuários querem resolver algum problema ou satisfazer uma necessidade e estão procurando informações sobre algum mercado.

Meio do funil

A pessoa já está mais informada ou educada sobre um determinado assunto e está no processo de definir qual é a melhor solução para o problema. O objetivo agora é realizar uma conversão, transformando-a em um lead, por meio do preenchimento de um formulário.

Para que isso ocorra, é preciso oferecer um incentivo em troca, como um material de conteúdo interessante, por exemplo.

Fundo do funil

O fundo do funil é onde o lead pode se tornar uma oportunidade de negócios. O usuário já possui mais informações sobre o assunto e sobre a sua empresa. Provavelmente, já realizou uma quantidade determinada de conversões em seu site e já possui diversos materiais de sua empresa.

É neste momento que você deve convencer seu lead sobre a contratação dos seus serviços ou a compra do seu produto.

Como montá-lo?

A sugestão é que você siga os 4 passos que listamos abaixo para montar o seu funil de vendas:

1. Chame a atenção do seu visitante

Procure atrair o visitante para o seu site, landing page, blog ou perfil em rede social por meio de estratégias de marketing digital.

2. Capture-o

Depois de chamar a atenção do seu visitante, o momento é de fazer com que ele forneça dados de contato para que você comece a se relacionar com ele.

Uma maneira muito usada para isso é dar em troca um e-book gratuito, com um conteúdo bem caprichado! Existem também outras formas muito eficientes, como a realização de webinars, por exemplo, que também podem ajudar a converter visitantes em leads.

3. Nutra-o

Nutrir um potencial cliente é convencê-lo de que seu produto/serviço pode ser a solução de um problema.

Depoimentos e vídeos de consumidores costumam ser uma forma eficiente de construir a credibilidade da empresa. Técnicas como promoção e oferta gratuita de outros produtos também costumam ser utilizadas.

4. Converta

Por fim, faça com que seu potencial cliente pague o valor do seu produto/serviço para resolver seu problema.

Não há segredo: para você entender o comportamento do seu potencial cliente, é preciso dedicar tempo para a montagem do funil de vendas do seu negócio e, claro, estudar detalhadamente cada parte para que ele avance todas as etapas.

Um erro muito comum é focar apenas no topo do funil e, em seguida, não ter clareza sobre o que fazer até a conclusão da compra.

A dica é observar quanto custa cada etapa, quais são os possíveis gargalos e os pontos para melhoria do processo. E não se esqueça de revisar seu funil de vendas periodicamente!

Você gostou deste texto sobre funil de vendas? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter!

8Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *