Erros que podem destruir uma campanha no Google Adwords

Conheça os erros que podem destruir uma campanha no Google Adwords

A plataforma de anúncios do Google permite que as empresas exibam seus anúncios no momento em que os usuários estão buscando por respostas para suas perguntas ou soluções para seus problemas. Acontece que ter sucesso com uma campanha no Google Ads (ou Adwords) não é assim tão simples.

Existem pessoas que ainda cometem erros graves na hora de configurar uma campanha. No final do dia, eles podem comprometer muito o resultado e o retorno sobre o investimento feito pela empresa. Para não cair nessa armadilha, confira como funciona o Google Adwords e os 5 erros que você deve evitar!

Noções básicas do Google Adwords

A ferramenta de publicidade do Google se baseia nas palavras-chave que os usuários digitam no campo da busca. Ou seja, o anunciante pode escolher para quais palavras quer anunciar, e assim, toda vez que aquele termo for pesquisado o anúncio dele tem chance de ser exibido.

Essa exibição dos anúncios se baseia em um sistema de leilão. Cada empresa que deseja anunciar para aquela palavra-chave informa à plataforma qual o valor máximo que está disposta a pagar. Com base nos valores presentes no leilão e em seu algoritmo, a ferramenta decide quais anúncios vai exibir. O modelo de pagamento pode variar por clique, por mil impressões ou por conversão.

Saiba mais detalhes sobre o funcionamento do Google Adwords em nosso post Como funciona o Google Adwords.

5 erros para evitar em uma campanha no Google Adwords

1. Escolher as palavras-chave erradas

Se estamos falando que a ferramenta se baseia nas palavras-chave para determinar a exibição dos anúncios, significa que elas são o ponto crucial de qualquer campanha no Google Adwords. Portanto, muita atenção na hora de escolher os termos para anunciar.

Começar com palavras mais focadas é o ideal, de preferência aquelas que têm mais a ver com seu anúncio. E também as que têm relação direta com o momento da jornada de compra do usuário que você deseja atingir.

2. Trabalhar display e rede de pesquisa juntos

É muito comum que as empresas queiram aproveitar ao máximo o Google Adwords para divulgar seus produtos e serviços de todas as formas possíveis. Afinal de contas, quanto mais a marca puder aparecer, maiores são as chances de conversão e sucesso.

Realmente, é assim que deve se pensar, mas na prática não é bom misturar anúncios da rede de pesquisa e da rede de display na mesma campanha. Isso porque a mensuração do CTR de cada uma delas é diferente e isso vai impactar na forma como você analisa e otimiza suas campanhas.

3. Não configurar o remarketing

O remarketing — ou retargeting — é um dos recursos mais utilizados por quem investe no Google Adwords. Afinal de contas, ele permite que você impacte novamente usuários que já acessaram seu site e tente reconvertê-los. Antes que você pergunte: sim, muitos usuários esquecem essa possibilidade.

Essa função permite que você aumente muito as conversões de suas campanhas com um custo relativamente baixo. Vale lembrar apenas que o remarketing funciona quando não é exagerado.

4. Colocar no ar e depois abandonar

Engana-se quem acredita que basta configurar corretamente a campanha no Google Adwords pela primeira vez que a ferramenta fará o resto sozinha. Esse é um dos erros mais comuns que encontramos no mercado: empresas que fazem tudo certo mas abandonam depois que os anúncios entram no ar.

Para ter resultado com Google Adwords, é fundamental acompanhar de perto como cada anúncio está se comportando. A cada dois ou três dias, portanto, é importante acessar a plataforma para fazer essa análise e eventuais melhorias. Caso contrário, você vai perder dinheiro.

5. Investir pouco e esperar muito

Por fim, o erro cometido por aqueles que acham que marketing digital é mágica… Longe disso, o retorno obtido por uma campanha no Google Ads é proporcional ao valor investido. É claro, ele pode ser muito vantajoso, por vezes até três ou quatro vezes maior que o montante investido, mas de forma alguma será desproporcional. Portanto, se você vai investir R$ 50 em uma campanha, não espere que ela te traga um retorno de R$ 500 mil.

Além disso, você deve saber calcular a taxa de conversão no seu negócio para analisar o quanto vale a pena investir. E calcular também o seu ticket médio, de forma a entender o quanto terá de retorno investimento no Google Ads.

Evite cometer esses erros em sua próxima campanha no Google Adwords (ou Ads) e os resultados gerados para sua empresa serão muito satisfatórios. Ajude outros empreendedores a não cometerem esses mesmos erros: compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *