Como melhorar a segmentação de clientes usando o marketing digital - Vero Contents

Como melhorar a segmentação dos clientes usando o marketing digital

Um dos maiores problemas que as empresas enfrentam é a dispersão na comunicação. Muitas delas acabam se comunicando com o cliente usando um tom e uma mensagem incorretas, diminuindo a taxa de retorno. Isso acontece porque essas empresas precisam melhorar a segmentação de clientes, mas não sabem como.

O marketing digital tem como um dos seus diferenciais a possibilidade de montagem de listas diferentes e segmentadas. Basta usar corretamente algumas ferramentas. Saiba como nesse post.

Use as mídias sociais

É possível construir boas listas segmentadas usando as mídias sociais. O Facebook, por exemplo, tem ótimas ferramentas de segmentação nos seus anúncios. Essas segmentações nos permitem escolher o público de diversas formas, por localização, interesses, sexo, ocupação e muito mais.

Sendo bastante criterioso, usando bem as ferramentas e segmentando as mensagens, você poderá montar uma ótima estratégia. Esses anúncios podem gerar leads diretamente ou podem levar a páginas de captura (landing pages). Dessa forma, você poderá gerar seus leads diretamente para listas específicas, usando softwares de automação de marketing.

Outras mídias sociais permitem ótimas segmentações, como o Youtube, por exemplo, que permite a criação de suas listas de acordo com o canal. Essas listas podem ser trabalhadas para levar a outras páginas de captura, da mesma forma que o Facebook.

Segmente usando o Google Adwords

O Google Adwords permite também que sejam construídas ótimas listas de segmentação. Você pode trabalhar os anúncios de acordo com os diversos públicos, gerando tráfego para o seu site ou diretamente para as landing pages. Você também poderá levar anúncios específicos para páginas de serviços, por exemplo, incluindo formulários em cada uma delas. Assim, você saberá onde cada lead converteu e o colocará na lista correspondente com o tipo de serviço pesquisado.

O Marketing de Conteúdo e a segmentação

Usar o marketing de conteúdo é uma das formas mais objetivas e funcionais melhorar a segmentação. Trabalhando com personas diferentes, você poderá direcionar o conteúdo para cada um dos seus prospects, transformando-os em clientes já previamente segmentados. A produção de conteúdo deverá estar 100% direcionada, de forma que você poderá montar diversos funis e diversos fluxos de nutrição de leads.

O sucesso dessa estratégia dependerá de um ótimo trabalho, tanto no blog, quanto nos materiais ricos, que devem estar alinhados com cada uma das personas identificadas.

Segmente sua lista de e-mails

Mas e se você já possuir uma lista de e-mails? Como fazer uma segmentação sem ter o trabalho intensivo e manual? A resposta, mais uma vez, é o marketing de conteúdo. Imagine que você tem uma lista de mais de 1.000 e-mails, sem nenhum tipo de segmentação. A dica aqui é começar um trabalho de conteúdos diversos, analisando as respostas em cada campanha e levando cada cliente para uma lista específica.

Monte materiais ricos diversos para cada público que você quer segmentar e ofereça para sua lista. Naturalmente, haverá um interesse específico de cada um pelo conteúdo específico e sua lista começará a segmentar-se automaticamente.

Trabalhe com fluxos de nutrição

Além de oferecer materiais diversos para novas conversões da sua base, você pode também utilizar fluxos de nutrição. Além da eficiência comprovada nas estratégias de inbound marketing, os fluxos ajudam a entender também a anatomia da sua lista.

Se você já trabalha com os fluxos de nutrição para trazer os leads para o fundo do funil, pode também montar uma estratégia de fluxos de nutrição com informações dirigidas para cada segmento. As taxas de cliques lhe dirão se você está no caminho certo e a análise dos leads que estão respondendo bem a esses fluxos lhe mostrará para qual lista devem ser conduzidos.

Entenda a dor dos seus clientes

O mais importante está aqui no final. Você deve sempre se colocar do lado do cliente. Entender o seu problema, a sua dor e quais as suas expectativas farão com que você consiga identificar melhor aonde ele se encaixa dentro do seu modelo.

Faça pesquisas para conseguir montar um panorama desses anseios e trabalhe com um Mapa de Empatia. Existem diversos modelos de Mapas de Empatia que mostram, basicamente, as necessidades e dores desse cliente. Ele irá lhe ajudar também a definir outras personas que podem estar dentro de sua base de clientes, mas que estão passando despercebidas.

No modelo tradicional, o Mapa da Empatia divide-se em 4 pontos principais:

          • O que seu cliente pensa e sente?
          • O que ele ouve?
          • O que ele vê?
          • O que ele fala e faz?

Veja o modelo do Mapa da Empatia:

Mapa da Empatia - Vero Contents

Mapa da Empatia (clique para ampliar)

Esse mapeamento do cliente permitirá não só melhorar a segmentação, mas atender seu cliente com mais eficiência, entendendo melhor o seu negócio. Você poderá segmentá-lo, de forma a ter total foco no negócio dele, enxergando seus anseios e suas necessidades. Além disso, o Retorno Sobre o Investimento (ROI) em suas ações será muito melhor, aumentando sua lucratividade e diminuindo gastos com marketing e vendas.

Se você gostou desse conteúdo, cadastre-se e receba nossos conteúdos!

2Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *