fbpx

Como as tecnologias disruptivas tem influenciado a comunicação?

As tecnologias disruptivas são inovações de um produto ou serviço já existente, porém facilitam o uso pelo menor custo ou pela conveniência. Essas tecnologias inicialmente abrangem pequenos grupos que não tinham acesso ao serviço e acabam se difundindo até tomarem todo o mercado e desestabilizar os concorrentes.

Podemos explicar com o seguinte exemplo: uma empresa coloca no mercado uma tecnologia simples, rápida, fácil de usar e mais barata, com o objetivo de lucro menor e com isso cria uma revolução. Isso irrita os pioneiros, pois se tornam obsoletos.

É o caso, por exemplo, do Uber, que gerou uma mudança não aceita pelas empresas de táxi. Houve, então a tentativa de auto-proteção por meio da legislação, já que o Uber não estava regulado. Mas não por ser ilegal, mas por ser uma tecnologia disruptiva.

Para que as empresas pioneiras não fiquem vulneráveis, a saída é o próprio investimento em tecnologias disruptivas. A tendência de estarem conectadas a tudo permite que as empresas e as pessoas ajam com base em informações em tempo real, e a velocidade dessa evolução tecnológica é extremamente alta.

Na comunicação, as tendências tecnológicas não estão apenas mudando a forma de negócio, mas a forma como as pessoas se comunicam. Com as diversas ferramentas, é possível entrar em contato com uma pessoa em qualquer hora e lugar do mundo, por e-mail, WhatsApp, Skype, Facebook, Instagram, Twitter e outros.

Veja agora alguns exemplos da influência da tecnologia disruptiva na comunicação:

Mídia social

A mídia social é uma das mais óbvias tecnologias disruptivas que alteraram completamente a forma como nos comunicamos. Existem diversas mídias sociais, e a maioria das pessoas é membro de pelo menos quatro delas.

As mídias sociais não ficaram apenas no âmbito pessoal, como o Linkedin, uma rede profissional com mais de 500 milhões de usuários. Na esfera pessoal temos o Facebook, lançado em 2004 e com dois bilhões de usuários, sendo considerado a maior rede social do mundo.

Mobilidade

O celular tornou-se o dispositivo de consumo mais popular no mundo. Com o crescente aumento de aplicativos pode-se fazer praticamente tudo pelo celular: ler jornais, revistas, assistir filmes, pedir comida, entre outros. É seguro dizer que as pessoas se tornaram viciadas e dependentes do dispositivo móvel.

Além do acesso ter aumentado, há muitas funcionalidades que turbinaram a produtividade das pessoas. Isso inclui o acesso ao e-mail, a pesquisas e, principalmente, ao marketing.

Nuvem

O fato de tudo ser acessível em nossa vida digital, como arquivos, dados, aplicativos, deve-se ao armazenamento na nuvem. É uma tecnologia que cresce a cada dia e pode ser privada ou de uso individual, como Google e Dropbox.

Com a nuvem podemos transportar livros, CDs e fotos, sem nos preocupar com o tamanho e com o armazenamento.

Pagamentos móveis

O celular transformou-se de um equipamento de comunicação em um dispositivo de estilo de vida. Assim, as empresas estão começando a aceitar os pagamentos móveis como pré-requisito para fazer negócios. E isso permite que o consumidor utilize outras formas de pagamento que não seja o dinheiro.

Gostou da influência das tecnologias disruptivas? Compartilhe em suas redes sociais!

Como as tecnologias disruptivas têm influenciado a comunicação?
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat