Afinal, o que é SERP - Vero Contents

Afinal, o que é SERP

Muitas vezes quando falamos com clientes aqui na agência, usamos alguns termos que não são tão conhecidos de todos. Utilizar o “marquetês” às vezes fica muito específico, ainda mais o “marquetês digital”.

Mas como em todos os segmentos, é importante manter uma linguagem unificada. E isso fica mais evidente quando falamos em tecnologia. Esse post trata de um dos termos mais básicos, que fazem parte do dia a dia de todos na web.

Esse termo é o SERP (Search Engine Results Page). Entenda, nesse artigo, afinal, o que é SERP?

O que é SERP – Search Engine Results Page

Como diz o título acima, SERP é a abreviação de Search Engine Results Page ou, em bom português, página de resultados de um mecanismo de buscas. Isso vale tanto para o Google, Yahoo, Bing ou qualquer buscador que apareça por aí.

Elas são, nada mais, do que a página que aparece quando você faz uma pesquisa em um buscador. É importante entender que as SERPs podem ser diferentes, de acordo com o buscador utilizado. Mas também de acordo com a palavra-chave utilizada. Se você fizer uma procura por algum local no Google, por exemplo, terá alguns resultados aparecendo em formato de mapa.

Essas alterações também dependem da quantidade de anúncios para aquela palavra-chave específica e também dos próprios resultados, que podem resultar em páginas com dados estruturados (rich snippets), no caso do Google. Esses rich snippets ou dados estruturados são informações extras que podem aparecer no resultado da busca, identificadas pelo robô dos buscadores.

A palavra vem de rich (rico) e snippet (fragmento) e traz, de forma simplificada, o conteúdo de um código HTML. Essas informação podem ou não aparecer no resultado da página, ficando a critério dos buscadores exibir essas informações na SERP.

Como aplicar Rich Snippets

Rich Snippets é uma técnica para conseguir mais destaque na página e, dessa forma, aumentar o volume de cliques. Uma das formas é utilizar a localização do seu negócio. Por isso, é muito importante que sua empresa esteja cadastrada no Google Meu Negócio.

Outras formas de aplicar rich snippets é otimizando as tags Title e Meta Descriptions para incluir calls to action. É uma boa maneira de conseguir mais cliques, utilizando chamadas como “Clique aqui” e “Confira”.

Existem outras técnicas, como sitelinks (links para as subpáginas do site), breadcrumbs (navegação estrutural) e reviews (avaliações).

O que aparece em uma SERP?

A construção de uma SERP depende de cada resultado de buscas. As mais conhecidas do público, como o Google, Bing e Yahoo, possuem a estrutura de título da página com link, texto descritivo e outra informações, como a exibição da página de cache. A palavra-chave buscada aparece em negrito.

Os resultados, normalmente agrupados em dez por página, aparecem do lado esquerdo, sendo que anúncios ficam na parte superior, do lado direito e na parte inferior da página.

O que pode influenciar no resultado de uma SERP

É importante também salientar que uma mesma pesquisa pode resultar em uma SERP diferente para cada usuário. Os buscadores, por conta de suas ferramentas de inteligência artificial, tem buscado os resultados mais voltados possíveis ao perfil dos usuários.

Ou seja, se o buscador sabe quem você é, você terá uma SERP com um perfil mais voltado a você. Isso pode acontecer caso você tenha realizado um login nesse buscador (acessar um Gmail, por exemplo) ou simplesmente por já estar realizando buscas e ter um cookie instalado em seu computador. Nesses casos, a página que aparece nos resultados pode ser diferente de uma página resultante em uma pesquisa feita sem o login.

Essa questão é importante e difícil de entender. Mas basta imaginar que o objetivo de uma SERP é sempre dar o melhor resultado para a busca que o usuário está realizando. Ou seja, se o buscador sabe quem você é, ele já “entende” quais são suas preferências. Se você clica sempre em resultado específico que está em segundo lugar, por exemplo, pode ser que ele passe a aparecer em primeiro para você.

Se você não estiver logado e apagar seus cookies de navegação, poderá voltar às experiências de busca tradicionais.

SERP Domination

Atualmente, é muito comum que as pessoas não digitem mais um endereço completo de um site para visitá-lo. É mais usual digitar um nome e deixar que o buscador ache a resposta. Dessa forma, é verdadeiro afirmar que a navegação em um browser praticamente se inicia pelo buscador.

Dada a importância da ferramenta de buscas na navegação, é que entram as estratégias de SEO. Os profissionais gabaritados em SEM e SEO utilizam técnicas para fazer com que seus sites sejam a resposta que os buscadores mostram ao usuário. De preferência, nas primeiras posições.

Uma delas é a SERP Domination. Trata-se de uma técnica que consiste em levar diversos conteúdos para uma mesma SERP, de forma a obter diversos cliques em uma mesma pesquisa. A técnica é feita, geralmente, por meio de subdomínios do mesmo site, perfis em redes sociais, imagens e vídeos.

Os benefícios são inúmeros, como divulgar outros canais de sua empresa, perfis de mídias sociais e, claro, conquistar o maior número de cliques na SERP.

Agora você sabe o que é SERP e também entende o que são rich snippets e SERP Domination. O que está esperando para aplicar essas importantes técnicas de SEO?

Saiba mais sobre SEO aqui mesmo no site da Vero Contents e fale já com um especialista!

3Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *